Jornal Castelense - Escrevendo uma nova história de Monte Castelo - SC e região
Pica-Pau cabeça vermelha

Pica-Pau cabeça vermelha

Recebemos um belo presente de páscoa, a visita inesperada de um pica-pau cabeça vermelha, nesta sexta-feira 14-04, mesmo em meio ao barulho do transito da BR116 e dos sons automotivos a imagem é belíssima.

 

O pica-pau-de-topete-vermelho é uma ave piciforme da família Picidae. Conhecido também como pica-pau-de-garganta-preta.

Nome Científico

Seu nome científico significa: do (grego) kampë = lagarta; e philos, phileö = aquele que gosta, gostar; e do (grego) melanos, melanus, melas = preto, e leukos = branco. ⇒ Ave branca e preta que adora lagartas.

Características

Mede entre 33 a 38 cm.; em torno de 250 g. Cabeça e topete vermelhos, base do bico com uma mancha branca e nódoa alvinegra subauricular. Fêmea com o alto e a parte de trás da cabeça pretos e uma larga faixa branca entre os olhos e a base do bico. Faixa branca em cada lado do pescoço indo até as escapulares. Partes superiores pretas com um “V” branco nas costas. Garganta, pescoço anterior e peito negros uniforme. Barriga branco-pardacentas barradas de preto. Ocorrem indivíduos com mancha esbranquiçada nas primárias. Macho jovem com penas encarnadas no alto da cabeça. Bastante parecido com pica-pau-de-banda-branca(Dryocopus lineatus), por vezes coexistindo lado a lado em um mesmo território.


pica-pau-de-topete-vermelho macho

pica-pau-de-topete-vermelho fêmea

pica-pau-de-topete-vermelho jovem

Subespécies

Possui três subespécies:

  • Campephilus melanoleucos melanoleucos (Gmelin, 1788) – ocorre na América do Sul a Leste da Cordilheira dos Andes até o Nordeste da Argentina e no Brasil; também ocorre na Ilha de Trinidad no Caribe;
  • Campephilus melanoleucos malherbii (G. R. Gray, 1845) – ocorre do Oeste do Panamá até a região central da Colômbia;
  • Campephilus melanoleucos cearae (Cory, 1915) – ocorre no Leste e sul do Brasil.

Alimentação

Vive aos pares ou em grupos de até 5 indivíduos, arrancando a casca de grandes árvores mortas em busca de larvas de insetos. Também come frutos.


pica-pau-de-topete-vermelho se alimentando

Reprodução

Faz seu ninho escavando troncos de árvores mortas ou palmeiras, chocando 2 a 3 ovos branco e brilhantes. Defendem seus ocos do assédio constante de araçaris.


Casal de pica-pau-de-topete-vermelho

Ninho de pica-pau-de-topete-vermelho

Hábitos

Vive em bordas de matas mesófilas, matas de araucária, capoeiras, caatingas, matas secas, restingas, plantações, eucaliptais, palmais, matas de galeria, matas de terra firme e de várzea, cidades e zonas rurais. Encontrado aos pares ou em grupos familiares de até 5 indivíduos.

Voz: Como voz uma sequência pouco forte,: “kje-kje-kje…”; baixo “dük-rororo”. Tamborilar fortíssimo e bissilábico, “dó-dododo”, “tr-trtrtr”.


Bando de pica-pau-de-topete-vermelho

Distribuição Geográfica

Ocorre do Panamá à Bolívia, Paraguai, Argentina e Brasil. No Brasil encontrado na Amazônia, Região Nordeste, Centro-oeste e para o sul até o Paraná.

  • Ssp. melanoleucos: Leste dos Andes através da Colômbia até Trinadad e Nordeste do Brasil, sul da Bolívia, Paraguai, norte e nordeste da Argentina e Mato Grosso ( Brasil ).
  • Ssp. cearae: Leste e sul do Brasil.
  • Ssp. malherbii: Do Panamá até a Colômbia.

Ocorrências registradas no WikiAves

Referências

  • SICK, Helmut, Ornitologia Brasileira. Nova fronteira, Rio de Janeiro, 1997.
  • SIGRIST, T. Avifauna Brasileira: The avis brasilis field guide to the birds of Brazil, 1ª edição, São Paulo: Editora Avis Brasilis, 2009.
  • Portal Brasil 500 Pássaros, Pica-pau-de-topete-vermelho – Disponível em http://webserver.eln.gov.br/Pass500/BIRDS/1birds/p211.htm Acesso em 18 mai. 2009
  • Contribuição: Omar Ramos Borges.
  • CLEMENTS, J. F.; The Clements Checklist of Birds of the World. Cornell: Cornell University Press, 2005.

Comente esta notícia