Jornal Castelense - Escrevendo uma nova história de Monte Castelo - SC e região

Autor: Adilson Siqueira

GREVE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MONTE CASTELO, SC ENTRA NO SEGUNDO DIA SEM ACORDO

GREVE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MONTE CASTELO, SC ENTRA NO SEGUNDO DIA SEM ACORDO

Editorial
GREVE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MONTE CASTELO, SC ENTRA NO SEGUNDO DIA SEM ACORDO. https://www.youtube.com/watch?v=zO27R4YKsf4&feature=youtu.be Marinês Inácio, presidente do sindicato dos servidores públicos municipais rebate prefeito. Em entrevista a presidente do sindicato, rebate as acusações do prefeito de que o ato seria de cunho político, segundo Marinês o movimento está sendo feito por pessoas ligadas a várias denominações partidárias e de praticamente por todos os setores da administração pública municipal, o derruba por terra o argumento do prefeito. Cobrança de promessa politica Em determinado momento a presidente cobra a promessa de campanha do prefeito Jean Carlo Medeiros de Souza, quando fala sobre esse tema em programa eleitoral de 2016. Falta diálogo.
Servidores Públicos Municipais Entrarão em Greve a partir de Segunda-Feira

Servidores Públicos Municipais Entrarão em Greve a partir de Segunda-Feira

Notícias de Monte Castelo
Os servidores públicos municipais de Monte Castelo-SC estão em estado de greve desde o dia 27/06 e desde então tentam uma negociação com o chefe do poder executivo. O SISPUMOC - Sindicato dos Servidores Públicos de Monte Castelo, que representa a classe, reivindica uma reposição salarial a todos os servidores efetivos e contratados (Que já estão por volta de 3 anos com o salário defasado) e também a definição de data base para que o reajuste seja feito anualmente. A reposição foi calculada em 12,48% baseada na inflação do período. O prefeito Jean Carlos Medeiros de Souza, depois de uma reunião com a diretoria do sindicato, chegou a apresentar uma proposta alternativa para que a greve não ocorresse. O mesmo ofereceu um auxílio alimentação mensal no valor de R$ 150,00 para os professores
Prefeito recua e se reúne com o sindicato dos servidores públicos municipais

Prefeito recua e se reúne com o sindicato dos servidores públicos municipais

Editorial
Prefeito recua e se reúne com o sindicato dos servidores públicos municipais. Reunião Em reunião feita nesta sexta-feira (05/07) na sede da prefeitura municipal de Monte Castelo, o Prefeito Jean Carlo Medeiros de Souza recebeu os representantes do sindicato dos servidores públicos de Monte Castelo. Na reunião ficou acordado que até o dia 15 de julho, ele irá anunciar o percentual de aumento a todas as categorias do serviço público municipal e ainda irá enviar um projeto de lei a câmara para fixar a data base do funcionalismo público municipal. áudios dos representantes do sindicato Reviravolta Áudio de entrevista (29/06) Em menos de uma semana muita coisa mudou, na quinta-feira (27/07) o sindicato decidiu em assembleia entrar em greve. No sábado (29/07) o prefeito foi a uma ra
URGENTE! Servidores públicos municipais de Monte Castelo SC decidem entrar em greve

URGENTE! Servidores públicos municipais de Monte Castelo SC decidem entrar em greve

Notícias de Monte Castelo
Na noite desta quinta-feira, 27/06, os servidores públicos municipais de Monte Castelo decidiram em assembleia geral convocada pelo sindicato entrar em greve por tempo indeterminado. Segundo os representantes do sindicato, a perda salarial no período de agosto de 2016 até hoje já está em torno dos 15 por cento. A intenção do sindicato é manter a greve por período indeterminado, a greve só deve parar a partir do momento que os servidores forem atendidos. Segundo o assessor jurídico do sindicato, Dr. Michel Garcia, a reposição é um direito expresso em lei e que o executivo tem a obrigação de repor as perdas salariais devido a inflação do período. Para que o ato passe a ter validade legal, o sindicato deverá oficiar o município com 72h de antecedência, o que deve acontecer ainda nesta sex
Monte Castelo poderá ter greve dos funcionários públicos do município

Monte Castelo poderá ter greve dos funcionários públicos do município

Notícias de Monte Castelo
Monte Castelo poderá ter greve dos funcionários públicos municipais Nesta quinta-feira, dia 27 de junho, o sindicato dos servidores públicos municipais de Monte Castelo, Santa Catarina, está convocando os servidores públicos do município para assembleia geral extraordinária para deliberar sobre a reposição salarial da categoria. Segundo o sindicato a última reposição de salário do funcionalismo públicos municipal, foi em agosto de 2016 quando Aldomir Roskamp ainda era prefeito. Na gestão do atual prefeito Jean Carlo Medeiros de Souza, ainda não houve reposição salarial.   Na assembleia o sindicato irá expor as ações judiciais que estão em andamento, sobre as perdas que a categoria vem sofrendo no período e por fim irá deliberar sobre uma possível greve por tempo indeterminado. Caso
Região do planalto norte terá mais participação na partilha de ICMS, Monte Castelo tem o menor IPM da Região

Região do planalto norte terá mais participação na partilha de ICMS, Monte Castelo tem o menor IPM da Região

Planalto Norte
Região do planalto norte terá mais participação na partilha de ICMS   Os municípios da Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense, terão um incremento na participação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, para o próximo ano passando dos atuais 2,93% para 3,08%. As projeções foram publicadas pela Secretaria da Fazenda (SEF/SC) no dia 31/05, no Diário Oficial, quando informou os índices provisórios.   O valor Adicionado total dos 10 municípios passou de 5.623.210.298,76 para 6.011.940.478,31 com um crescimento de 6,5%. No ranking de crescimento divulgado, o município de Major vieira foi um dos que mais cresceu sua participação no estado de Santa Catarina, ficando atrás somente Ituporanga e Balneário Piçarras. Major Vieira receberá R$ 860 mil
Polícia Civil de Mafra participa de operação MIDAS

Polícia Civil de Mafra participa de operação MIDAS

Polícia
Polícia Civil de Mafra participa de operação Midas, realizada simultaneamente em várias regiões do país. A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal de Mafra e demais Delegacias da 9° DRP, deflagrou, durante os dias 26 e 27 de setembro, a operação MIDAS, realizada de forma simultânea pelas Polícias Civis em todo Brasil, tendo como objetivo o cumprimento de mandados de busca e mandados de prisão contra suspeitos de crimes de roubo e latrocínio. Em Mafra e região os resultados foram positivos: foram cumpridos diversos mandados de buscas relacionados a tais crimes nos município de Mafra, Monte Castelo e Papanduva. Durante a operação, dois suspeitos foram presos, um por tentativa de homicídio e outro por roubo. Em todo o estado 122 pessoas foram presas, 12
Rede Globo comete um dos maiores fake news da história

Rede Globo comete um dos maiores fake news da história

Editorial
Muito se ouve falar de Fake News, agora na paralização dos caminhoneiros as maiores emissoras de televisão do país, anunciaram o fim da paralização. A rede Globo de Televisão, a maior do Brasil, em seus programas e no jornalismo, passou a informar que a greve acabou, quando o que se vê nas ruas é bem ao contrário. Na abertura do programa Mais Você, a apresentadora Ana Maria Braga, iniciou dizendo que a greve dos caminhoneiros acabou ontem (24/05) a meia noite, mas que os caminhoneiros ainda continuam a paralização. Mas se continuam paralisados é porque a greve continua. Em seus telejornais durante toda a programação o que se ouve falar é que a greve acabou e que o governo fechou acordo com os caminhoneiros para que os caminhões comessem a circular e reabastecer o país e que até segunda-
Ação rápida da Polícia Civil resulta em prisão simultânea de um assaltante e um traficante em Papanduva

Ação rápida da Polícia Civil resulta em prisão simultânea de um assaltante e um traficante em Papanduva

Notícias de Papanduva, Polícia
Ação rápida e eficiente da Polícia Civil resulta em prisão simultânea de um assaltante e de um traficante em Papanduva O caso: Na tarde quinta-feira ( 05/04), uma Senhora procurou a Delegacia de Polícia e noticiou que um homem adentrou em sua loja, armado com uma faca e com o rosto encoberto por um capuz, sendo subtraído, mediante grave ameaça, determinados valores em dinheiro do estabelecimento. Após a ação criminosa, o suspeito empreendeu fuga rapidamente, seguindo em direção ao bairro Santa Monica. Sabendo destas informações, os policiais civis iniciaram as investigações e conseguiram identificar a rota de fuga utilizada pelo criminoso, localizado-se, em um matagal, a arma e o capuz utilizados para a prática do crime. Aprofundando-se as investigações, descobriu-se a qualificação do